Renata Netto

Renata Netto

Gerente Sênior de Produção dos canais ESPN no Brasil

A história de Renata Netto na ESPN tem início em 1995, quando ela atuou, por dois anos, como repórter. Depois de uma temporada fora da empresa, quando saiu para ter experiência nos canais abertos TV Globo e TV Record, ela retornou em 2001, como editora chefe do núcleo de esportes radicais, onde permaneceu por quase 10 anos. Neste cargo teve o grande desafio de trazer para o Brasil um dos grandes eventos da matriz nos estados unidos os X Games, em 2002,2003 e 2004, no Rio de Janeiro e em 2008, em São Paulo.

Em 2010, ela foi convidada para ser chefe de redação, pelo então diretor de jornalismo, José Trajano. Foi uma grande mudança na carreira e Renata teve como principal tarefa preparar a redação da ESPN no Brasil para um mundo mais competitivo. Nos dois primeiros meses ela se concentrou em colher o máximo de informações possíveis para entender melhor as funções do cargo e também o trabalho de cada um na redação. Em seguida, ela fez conversas individuais com cada profissional e reorganizou o organograma. Isso foi fundamental para o trabalho fluir bem. Passado isso, ela focou na linha de montagem e no processo jornalístico. A redação precisava de uma pessoa com olhar menos boleiro. Foi um casamento perfeito.

A partir de 2013, Renata passou a ser gerente sênior de produção e a coordenar os canais ESPN Brasil, ESPN e ESPN+. Nesse novo cargo, seus principais desafios foram cuidar da parte visual dos canais e profissionalizar as transmissões de eventos ao vivo. Atualmente, ela cuida de perto de duas prioridades da empresa: a audiência e a cobertura da Copa do Mundo FIFA 2014. Ela acumula a experiência de ter trabalhado na produção de base das Copas do Mundo de 2002, 2006 e 2010, onde deu suporte para as equipes de jornalismo que estavam in loco. O Mundial de futebol de 2014 no Brasil é considerado um de seus maiores desafios, principalmente pela complexidade e pela responsabilidade de cobrir a Copa ‘em casa’.

Formada em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Renata Netto trabalhou também na mídia impressa (jornais Folha de S. Paulo, o Estado de S. Paulo e Revista Imprensa), na MTV Brasil e na TV Bandeirantes. É torcedora fanática do Palmeiras.

Fechar