ESPN International transmitirá os Jogos Olímpicos de Londres 2012 AO VIVO em toda a América do Sul

News and InformationTV Programming

ESPN International transmitirá os Jogos Olímpicos de Londres 2012 AO VIVO em toda a América do Sul

A ESPN International transmitirá mais de 1.700 horas televisivas sobre os Jogos Olímpicos de 2012 em português e espanhol em toda a América do Sul. Os planos da ESPN para fazer a mais ampla cobertura jamais vista dos Jogos Olímpicos na região, e em vários canais, incluem seis redes dedicadas  – pelo menos três por país – à cobertura em tempo integral e em alta definição de Londres 2012 na Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. 

Esta será a quinta vez que a ESPN Brasil transmitirá os Jogos Olímpicos, e a primeira vez para a ESPN de fala espanhola na América Latina.

“A ESPN está orgulhosa de levar aos fãs os Jogos Olímpicos, a maior reunião de atletas do mundo”, disse Tim Bunnell, vice-presidente sênior de produção, programação e marketing da ESPN International. “Nossa capacidade de dedicar várias redes na região a Londres 2012 é realmente extraordinária. Nossa equipe exclusiva de repórteres e correspondentes, vários dos quais já cobriram vários Jogos Olímpicos, é uma garantia de que teremos um dos Jogos Olímpicos mais memoráveis e gratificantes de todos os tempos.”  

COBERTURA DO EVENTO 

A cobertura diária do evento nas redes da ESPN será voltada aos atletas e às competições que tenham mais importância em termos das regiões e dos países. A ESPN complementará as suas transmissões dos Jogos com destaques diários dos Jogos de Londres 2012 e resumos em edições especiais do  SportsCenter e programação de estúdio com temas relacionados aos Jogos Olímpicos e produzida em Londres.   

Uma equipe de repórteres renomados, junto com correspondentes especiais e uma equipe de produção especializada farão dos três estúdios da ESPN International em Londres a sua casa durante o tempo de duração do evento.     

Fazem parte da equipe de repórteres da ESPN Brasil: Marcelo Duarte, André Kfouri, Helvídio Mattos, João Palomino, André Plihal, e José Trajano.

Os correspondentes especiais da ESPN Brasil e ganhadores de medalhas nos Jogos Olímpicos são: Wlamir Marques (basquete, bronze em Roma 1960, e bronze em Tóquio 1964) e Ana Moser (vôlei: bronze em Atlanta 1996).

A equipe de repórteres da América do Sul para a ESPN de fala espanhola inclui Pablo Ferreira, Tito Puccetti, Miguel Simon, Juan Yankilevich e Quique Wolff.  Wolff, um ex-astro internacional do futebol da Argentina, será uma das pessoas que carregará a tocha olímpica em 16 de junho em Newcastle, Inglaterra. 

Os correspondentes especiais para a América do Sul de fala espanhola e ganhadores de medalhas nos Jogos Olímpicos que se unirão à equipe da ESPN para a cobertura dos Jogos de Londres 2012 serão anunciados em breve.

–30–

A ESPN International é uma divisão da ESPN, Inc., que se expandiu e inclui agora a propriedade, integral ou parcial, de 48 redes de TV fora dos Estados Unidos e várias outras empresas que permitem que a ESPN alcance os fãs dos esportes em mais de 200 países e territórios em todos os sete continentes. Os negócios da ESPN International incluem televisão, rádio, mídia impressa, internet, banda larga, serviços de telefonia móvel, produtos para o consumidor, e gestão de eventos. A empresa e suas holdings possuem escritórios ou unidades de produção em pontos importantes em todo o mundo, como Bangalore, Pequim, Buenos Aires, Déli, Hong Kong, Londres, Cidade do México, Miami, Mumbai, Cidade de Nova York, Paris, São Paulo, Seul, Xangai, Cingapura, Sydney, Taiwan, e Toronto. Desde 1983, a ESPN (fundada em Bristol, Connecticut, em 1979) vem crescendo em todo o mundo, e se estabeleceu como marca líder internacional em mídia esportiva. A filosofia  para crescimento mundial da empresa é sempre servir os fãs dos esportes e ser localmente relevante para eles, com conteúdo e produtos relacionados à sua grande paixão e dedicação.

Botão Voltar ao topo