Jogo entre Real Madrid e Barcelona bate recorde e coloca ESPN em 2° lugar entre todos os canais de TV, incluindo as abertas

ESPN BrasilFutebolReal Madrid x BarcelonasoccerTV Programming

Jogo entre Real Madrid e Barcelona bate recorde e coloca ESPN em 2° lugar entre todos os canais de TV, incluindo as abertas

São Paulo, 27 de março de 2014 – O maior clássico de futebol do mundo deu um show no campo e na audiência da TV brasileira. A ESPN Brasil, que enviou uma equipe para cobrir in loco o jogo entre Real Madrid e Barcelona no último domingo (23) pelo Campeonato Espanhol, ficou na vice-liderança entre todos os canais de TV – incluindo TV aberta e por assinatura. A emissora registrou 2,37% de audiência, sendo superada no último um ano e meio apenas pelo mesmo confronto, entre os dois maiores times da Espanha, em outubro de 2012. Os dados são do Ibope e referem-se a homens com mais de 18 anos.

Para chegar a esse resultado, a emissora preparou uma grande cobertura jornalística nos dias que antecederam o jogo, com o narrador Paulo Andrade, o comentarista Paulo Calçade e os repórteres João Castelo Branco e André Kfouri, que viajaram até a Espanha para dar detalhes exclusivos. No domingo, uma hora antes da partida, a emissora exibiu um Abre Jogo para esquentar o fã do esporte e colocar todo mundo no clima do maior confronto entre clubes da atualidade.

“Essa audiência histórica é a confirmação de que o fã do esporte quer ver grandes jogos e nos reconhece como a equipe mais preparada. Afinal, ninguém cobriu tanto futebol internacional como nós nesses últimos 4 anos. Os brasileiros podem confiar que faremos uma cobertura inesquecível da Copa do Mundo FIFA 2014. Teremos em campo – e fora dele – todos os nossos talentos, especialistas por seleção, e também mais 13 grandes craques do futebol mundial”, afirma German Hartenstein, diretor geral dos canais ESPN no Brasil.

A ESPN Brasil, emissora licenciada da Copa do Mundo FIFA 2014, irá exibir ao vivo todos os 64 jogos do Mundial e terá uma equipe imbatível na cobertura. Além dos profissionais que já fazem parte da emissora, como Paulo Vinícius Coelho, Gustavo Hofman, Mauro Cezar Pereira, Juan Pablo Sorin, Vinícius Nicoletti, Leonardo Bertozzi e André Kfouri, os canais ESPN terão o reforço de super craques como: Alexi Lalas (EUA), Freddy Rincón (Colômbia), Gilberto Silva (Brasil), Hugo Sanchez, Jared Borgetti e Luis Roberto Zague (México), Juan Pablo Sorín e Mario Kempes (Argentina), Ivan Zamorano (Chile), Loco Abreu (Uruguai), Michael Ballack (Alemanha), Ruud Van Nistelrooy (Holanda) e Steve McManaman (Inglaterra).

Todos esses nomes, que já disputaram ao menos uma edição da Copa do Mundo, vão participar da cobertura da ESPN no Brasil, Argentina, México e Estados Unidos. Especificamente no Brasil, os jogadores estarão em diferentes programas, sempre com sinal verde para falar tanto das seleções de seus países quanto dos adversários.

Sobre a ESPN
A ESPN chegou ao país em 1989 e foi o primeiro canal de esportes da TV paga brasileira. Em 1995 a empresa criou o canal ESPN Brasil. Em abril de 2009, lançou o ESPN HD, em alta definição, que a partir de julho de 2012 passou a se chamar ESPN+, com uma programação diferenciada. As atividades da ESPN Internacional incluem televisão, rádio, impresso, internet, banda larga, internet sem fio, produtos de consumo, e gestão de eventos.

A empresa mantêm escritórios e/ou instalações de produção em locais-chave de todo o mundo incluindo Bangalore, Bristol (EUA), Buenos Aires, Cidade do México, Hong Kong, Londres, Miami, Melbourne, Mumbai, New York, Rio de Janeiro, São Paulo, Sidney e Toronto. Desde 1983, ESPN (originalmente fundada em Bristol, Connecticut, em 1979) tem crescido ao redor do mundo, se estabelecendo como a marca líder mundial em esportes. A filosofia da empresa de crescimento global é a de sempre servir aos fãs do esporte e ser relevante localmente, com conteúdos e produtos que preencham sua grande paixão e dedicação.

Botão Voltar ao topo