ESPN lança campanha de marketing para a Copa do Mundo FIFA 2014

ESPN Brasilsoccer

ESPN lança campanha de marketing para a Copa do Mundo FIFA 2014

São Paulo, maio de 2014 – A partir de hoje, segunda-feira (5), uma verdadeira seleção de craques do jornalismo estará nas ruas. É nesse dia que a ESPN lança sua nova campanha de marketing com foco na Copa do Mundo FIFA 2014. O projeto, desenvolvido pela agência África, promove a transmissão dos 64 jogos ao vivo e mostra um time jamais visto de comentaristas locais e internacionais, narradores e setoristas – verdadeiros especialistas por seleção favorita – que participarão da cobertura do Mundial. O fã do esporte poderá conferir várias peças da campanha espalhadas por todo o Brasil na Internet, em painéis das rede Eletromídia e Elemídia, no mobiliário urbano de São Paulo (SP), nas estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, em jornais, rádios e filmes para TV por assinatura.

“Nos últimos quatro anos o nosso time de comentaristas cobriu mais de quatro mil jogos internacionais e analisou uma boa parte dos jogadores que estarão em campo no Brasil. Com mais de seis mil horas de transmissão, esses profissionais se prepararam como nenhum outro para esse momento. E para reforçar ainda teremos doze ex-jogadores de Copa do Mundo o que torna esse um time de experts. A nova campanha, por meio de nossos talentos, vai destacar esse know how e salientar que teremos a melhor cobertura da Copa do Mundo”, explica Ariane Landim, Chief Marketing Officer da ESPN.

Um dos destaques é o filme em que João Palomino, diretor de jornalismo da ESPN, anuncia a convocação dos talentos da emissora. Nomes como Alexi Lalas (EUA), Freddy Rincón (Colômbia), Juan Pablo Sorín e Mario Kempes (Argentina), Ivan Zamorano (Chile), Loco Abreu (Uruguai), Valderrama (Colômbia), Michael Ballack (Alemanha), entre outros, são anunciados. Todos esses ex-jogadores, que já disputaram ao menos uma edição da Copa do Mundo, vão participar da cobertura da ESPN no Brasil, Argentina, México e Estados Unidos. Especificamente no Brasil, os jogadores estarão em diferentes programas, sempre com sinal verde para falar tanto das seleções de seus países quanto dos adversários.

Além deles, a ESPN Brasil terá setoristas que vão ficar colados em sete seleções favoritas ao título. A enciclopédia do futebol Paulo Vinícius Coelho, o PVC, fica com o Brasil, seleção que será acompanhada em todos os jogos por Juca Kfouri, João Máximo, Antero Greco e Fernando Calazans. A Alemanha será seguida por Gustavo Hofman; a Inglaterra, por Mauro Cezar Pereira; a Argentina, por Juan Pablo Sorin; Portugal por Vinícius Nicoletti; a Itália, por Leonardo Bertozzi; a Espanha por André Kfouri.

Sobre a ESPN
A ESPN chegou ao país em 1989 e foi o primeiro canal de esportes da TV paga brasileira. Em 1995 a empresa criou o canal ESPN Brasil. Em abril de 2009, lançou o ESPN HD, em alta definição, que a partir de julho de 2012 passou a se chamar ESPN+, com uma programação diferenciada. As atividades da ESPN Internacional incluem televisão, rádio, impresso, internet, banda larga, internet sem fio, produtos de consumo, e gestão de eventos.

A empresa mantêm escritórios e/ou instalações de produção em locais-chave de todo o mundo incluindo Bangalore, Bristol (EUA), Buenos Aires, Cidade do México, Hong Kong, Londres, Miami, Melbourne, Mumbai, New York, Rio de Janeiro, São Paulo, Sidney e Toronto. Desde 1983, ESPN (originalmente fundada em Bristol, Connecticut, em 1979) tem crescido ao redor do mundo, se estabelecendo como a marca líder mundial em esportes. A filosofia da empresa de crescimento global é a de sempre servir aos fãs do esporte e ser relevante localmente, com conteúdos e produtos que preencham sua grande paixão e dedicação.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar