ESPN International e USGA renovam direitos de transmissão

Deals and AcquisitionsESPN BrasilESPN InternationalGolfNews and Information

ESPN International e USGA renovam direitos de transmissão

São Paulo, junho de 2014 – A ESPN e a Associação de Golfe dos Estados Unidos (USGA – United States Golf Association) anunciaram hoje uma extensão de vários anos que concede à ESPN International direitos exclusivos sobre todas as formas e em todos os meios de comunicação na América Latina e no Caribe para os grandes campeonatos da USGA, inclusive o U.S. Open, U.S. Women’s Open e U.S. Senior Open. O novo contrato concede à ESPN International os direitos de mídia ao vivo nas suas plataformas digitais e lineares em todas as regiões definidas, e estende até 2020 a parceria de longa data entre a ESPN e a USGA na América Latina.

As futuras sedes dos campeonatos U.S. Open incluem: Chambers Bay, Washington (2015), Oakmont, Pennsyvania (2016), Erin Hills, Wisconsin (2017), Shinnecock Hills Golf Club en Southampton, New York (2018), Pebble Beach en California (2019) e Winged Foot Golf Club en Mamaroneck, New York (2020).
“Estamos entusiasmados em dar continuidade à nossa parceria com a ESPN na América Latina e no Caribe”, disse Mike Davis, diretor executivo da USGA. “Sabemos que eles continuarão fornecendo uma cobertura de classe mundial dos nossos campeonatos a milhões de fãs na região.”

“Estamos muito satisfeitos com o nosso novo contrato com a USGA, entusiasmados em levar seus campeonatos aos nossos fãs, afiliadas e anunciantes, e em estender por mais seis anos a nossa parceria com a USGA na América Latina”, disse Mike Walters, vice-presidente de programação da ESPN International. “A ESPN International vai utilizar seu conhecimento em todas as nossas plataformas na América Latina e no Caribe para permitir que os fãs desfrutem do U.S. Open quando e onde escolherem.”

A cobertura da ESPN para a América Latina e o Caribe para 2014 incluirá um mínimo de 25 horas de cobertura televisiva ao vivo do Pinehurst No. 2. A cobertura televisiva será complementada com conteúdo digital adicional sobre jogadores e buracos de destaque no ESPN Play, serviço de banda larga sob demanda e ao vivo da ESPN. Se houver necessidade de desempate, a ESPN também fará a transmissão dos 18 buracos na segunda-feira. Esse contrato garante que os fãs do golfe e os espectadores em toda a América Latina e no Caribe possam mais uma vez assistir a todos os quatro principais campeonatos de golfe, inclusive o U.S. Open, nas plataformas da ESPN em 2015.

Sobre a USGA
A USGA rege o U.S. Open, U.S. Women’s Open e U.S. Senior Open, assim como 10 campeonatos nacionais amadores, dois campeonatos estaduais e partidas internacionais, atraindo jogadores e fãs de mais de 160 países. Junto com o Club de Golf de St. Andrews (the Royal and Ancient Golf Club of St. Andrews – R&A), a USGA regulamenta o jogo em todo o mundo, administrando conjuntamente as Regras do Golfe, Regras de Status Amador, regras para equipamentos e Classificações Mundiais do Golfe Amador. A USGA tem alcance global e jurisdição nos Estados Unidos, seus territórios e no México, serve a mais de 25 milhões de jogadores de golfe, e conta com a participação ativa de 150 associações de golfe.

A UGSA é uma das maiores autoridades do mundo em pesquisa, desenvolvimento e apoio de práticas de gestão sustentável de campos de golfe. Ela é a principal administradora da história do jogo e investe no desenvolvimento do jogo fornecendo seus serviços e seu programa constante de subsídios chamado “For the Good of the Game”. Além disso, os sistemas da USGA de Course Rating e Handicap são usados em seis continentes em mais de 50 países.
Para obter mais informações sobre a USGA, visite www.usga.org.

Sobre a ESPN International
A ESPN International é uma divisão da ESPN, Inc., que se expandiu e inclui agora a propriedade, integral ou parcial, de 24 redes de TV fora dos Estados Unidos e várias outras companhias que permitem que a ESPN alcance os fãs dos esportes em mais de 61 países e territórios em todos os sete continentes. Os negócios da ESPN International incluem televisão, rádio, mídia impressa, internet, banda larga, tecnologia sem fio, produtos para o consumidor, e gestão de eventos. A companhia e suas holdings possuem escritórios ou unidades de produção em pontos importantes em todo o mundo, como Bangalore; Bristol, Connecticut; Buenos Aires; Londres; Cidade do México; Miami, Flórida; Melbourne, Mumbai; Cidade de Nova York; Rio de Janeiro; São Paulo; Cingapura; Sydney; Tóquio e Toronto. Desde 1983, a ESPN (fundada em Bristol, Connecticut, em 1979) vem crescendo em todo o mundo, e se estabeleceu como marca líder internacional em mídia esportiva. A filosofia para crescimento mundial da companhia é sempre servir os fãs dos esportes e ser localmente relevante para eles, com conteúdo e produtos relacionados à sua grande paixão e dedicação.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar