ESPN prepara ações especiais para a etapa final do Mundial de Surfe

ESPN InternationalTV ProgrammingWeb and Mobile Platforms

ESPN prepara ações especiais para a etapa final do Mundial de Surfe

São Paulo, 14 de dezembro – Como canal oficial do surfe há seis anos, a ESPN preparou uma série de ações especiais para o fã do esporte acompanhar a final do Men’s Samsung Galaxy Championship Tour, tradicionalmente conhecido como Circuito Mundial de Surfe. Para começar, o repórter Rafael Reis embarcou para Pipeline, no Havaí, para trazer informações exclusivas sobre a etapa que definirá o campeão de 2015.

Além das notícias trazidas em tempo real diretamente do Havaí, a ESPN produziu conteúdo exclusivo com surfistas profissionais para explicar termos técnicos do surfe ao fã do esporte. Filipe Toledo, Alejo Muniz e Alex Ribeiro falam sobre a diferença entre os tipos de ventos, ondas, manobras simples ou difíceis em pílulas que serão exibidas durante as transmissões, no portal ESPN.com.br e também nos perfis da ESPN no Facebook e Twitter.

A Oi preparou uma ação destinada a quem quiser acompanhar a transmissão da ESPN outdoor no Rio de Janeiro, sede da etapa brasileira do mundial. Aos finais de semana um telão estará montado no Arpoador para a transmissão ao vivo do Campeonato, diretamente de Pipeline. Durante os dias da semana, a estrutura estará montada na Cinelândia, no centro da capital carioca.

As baterias serão transmitidas diariamente a partir das 16h pela ESPN+ e pelo WatchESPN, plataforma de vídeo on demand oferecida ao fã do esporte que já possua a ESPN em seu pacote de TV por assinatura e que queira acompanhar a programação simultânea ou em vídeos de arquivo via smartphone, tablet ou desktop.

A ESPN tem transmissão multiplataforma para o fã do esporte acompanhar Filipe Toledo e Adriano de Souza, segundo e terceiro colocados respectivamente, na busca pelo primeiro título, enquanto Gabriel Medina, quarto colocado, tenta o bicampeonato após a conquista em 2014.

Em 2016 os fãs de surfe seguirão acompanhando as transmissões do Men’s Samsung Galaxy Championship Tour pela ESPN+ e pelo Watch ESPN.

 

Sobre a ESPN

A ESPN chegou ao país em 1989 e foi o primeiro canal de esportes da TV paga brasileira. Em 1995 a empresa criou o canal ESPN Brasil. Em abril de 2009, lançou o ESPN HD, em alta definição, que a partir de julho de 2012 passou a se chamar ESPN+, com uma programação diferenciada. As atividades da ESPN Internacional incluem televisão, rádio, impresso, internet, banda larga, internet sem fio, produtos de consumo, e gestão de eventos.

A empresa mantêm escritórios e/ou instalações de produção em locais-chave de todo o mundo incluindo Bangalore, Bristol (EUA), Buenos Aires, Cidade do México, Hong Kong, Londres, Miami, Melbourne, Mumbai, New York, Rio de Janeiro, São Paulo, Sidney e Toronto.  Desde 1983, ESPN (originalmente fundada em Bristol, Connecticut, em 1979) tem crescido ao redor do mundo, se estabelecendo como a marca líder mundial em esportes. A filosofia da empresa de crescimento global é a de sempre servir aos fãs do esporte e ser relevante localmente, com conteúdos e produtos que preencham sua grande paixão e dedicação.

 

A Oi e o Esporte

A Oi tem longo histórico de apoio ao esporte, com patrocínios a grandes eventos, equipes e atletas de diferentes modalidades, como basquete, judô, futebol, surfe e skate. A companhia tem grande expertise no apoio ao esporte, seja com patrocínio ou com prestação de serviços de telecomunicações em grandes competições realizadas no país. Entre os exemplos recentes, a Oi foi uma das patrocinadoras oficiais da Copa do Mundo realizada no Brasil em 2014 e da Copa das Confederações em 2013. A companhia também apostou no basquete e patrocinou o NBA Global Games Rio 2015 e o torneio NBA 3X, além de ter apoiado os Jogos Cariocas de Verão e o Oi Bowl Jam de skate em 2015.

A Oi também patrocinou o Oi Rio Pro, a etapa brasileira do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour (CT), o campeonato mundial de surfe. No último ano, a Oi fechou contrato de patrocínio com mais três surfistas brasileiros que são destaque na WSL, a liga mundial de surfe: Adriano de Souza, o Mineirinho, Filipe Toledo, o Filipinho, e Silvana Lima.  Eles se juntam ao campeão mundial Gabriel Medina, no time de surfistas patrocinados pela Oi.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar