Às vésperas do Australian Open 2016, ESPN renova contrato de direitos de transmissão por mais cinco anos

Deals and AcquisitionsESPN BrasilESPN InternationalTennisTV Programming

Às vésperas do Australian Open 2016, ESPN renova contrato de direitos de transmissão por mais cinco anos

A ESPN renovou por cinco anos o contrato com a Tennis Australia para os direitos exclusivos de distribuição no Brasil, restante da América Latina e Caribe do Australian Open, primeiro evento Grand Slam da temporada de tênis. Com isso, o atual contrato da ESPN válido desde 1988 é estendido até 2021.

A ESPN manterá os direitos exclusivos de distribuição digital e TV paga no Brasil. Além do Australian Open, a partir de 2017, a ESPN terá os direitos de distribuição para vários eventos de preparação para o Grand Slam, como a Copa Hopman, Desafio de Tênis Mundial, Brisbane International e Apia International.  A ESPN terá também direitos para os jogos das eliminatórias do Australian Open, e dos eventos “Lendas”, Juvenil, e Cadeira de Rodas.

Para o Australian Open 2016, que será realizado entre os dias 18 e 31 de janeiro, os canais da ESPN no Brasil apresentarão 130 horas de cobertura ao vivo. Todas as partidas serão transmitidas pelo WatchESPN, plataforma de vídeos ao vivo, exclusivos e on-demand da ESPN que exibirá mais de 1400 horas de conteúdo. O portal ESPN.com.br também apresentará ampla cobertura jornalística e conteúdo informativo do evento, resultados, destaques e análises.

A renovação dos direitos exclusivos do Australian Open segue a estratégia da ESPN em oferecer ao fã do esporte o melhor e mais diversificado conteúdo. “A ESPN é reconhecida pela transmissão dos principais campeonatos, das mais diferentes modalidades. Os fãs do tênis que já assistem em nossos canais o US Open, Wimbledon, IPTL e diversos ATPs 250, seguirão acompanhando o Australian Open com ampla cobertura ao vivo e os narradores e comentaristas especializados no esporte”, analisa German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil.

Tim Bunnell, vice-presidente sênior de produção, programação, marketing e vendas de publicidade para a ESPN International ressalta a importância da renovação dos direitos de mais um Grand Slam nos canais ESPN. “Durante mais de 17 anos, a ESPN tem se dedicado a mostrar o melhor do torneio para os fãs, fornecendo a mais completa cobertura em várias redes, e estamos entusiasmados em estender nosso acordo com a Tennis Australia. O Australian Open continuará sendo um elemento essencial da nossa cobertura do Grand Slam e outros importantes eventos de tênis que serão realizados durante todo o ano”, ressalta Bunell.


Sobre a ESPN

A ESPN chegou ao país em 1989 e foi o primeiro canal de esportes da TV paga brasileira. Em 1995 a empresa criou o canal ESPN Brasil. Em abril de 2009, lançou o ESPN HD, em alta definição, que a partir de julho de 2012 passou a se chamar ESPN+, com uma programação diferenciada. As atividades da ESPN Internacional incluem televisão, rádio, impresso, internet, banda larga, internet sem fio, produtos de consumo, e gestão de eventos.

A empresa mantêm escritórios e/ou instalações de produção em locais-chave de todo o mundo incluindo Bangalore, Bristol (EUA), Buenos Aires, Cidade do México, Hong Kong, Londres, Miami, Melbourne, Mumbai, New York, Rio de Janeiro, São Paulo, Sidney e Toronto.  Desde 1983, ESPN (originalmente fundada em Bristol, Connecticut, em 1979) tem crescido ao redor do mundo, se estabelecendo como a marca líder mundial em esportes. A filosofia da empresa de crescimento global é a de sempre servir aos fãs do esporte e ser relevante localmente, com conteúdos e produtos que preencham sua grande paixão e dedicação.

 

 

 

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar