Reunindo os maiores nomes do tênis, ESPN transmitirá IPTL 2016

News and InformationTennis

Reunindo os maiores nomes do tênis, ESPN transmitirá IPTL 2016

Detentora dos direitos dos principais torneios do calendário do tênis, a ESPN renovou os direitos de transmissão do International Premier Tennis League (IPTL) para a próxima edição. Exibido desde 2014 pela ESPN, o torneio acontece entre os dias 2 e 18 de dezembro, reunindo os maiores nomes do circuito internacional do tênis masculino e feminino em um formato inédito com sedes no Japão, Cingapura, Filipinas, Emirados Árabes e Índia.

A seleção de atletas participantes reúne os principais nomes do circuito do tênis internacional. Para essa edição estão confirmados os nomes de Roger Federer, Novak Djokovic, Rafael Nadal, Andy Murray, Marat Safin e o brasileiro Marcelo Melo que buscará a defesa do título após ter sido campeão em 2015 na equipe do Singapore Slammers ao lado de nomes como o suíço Stan Wawrinka e o croata Ivan Dodig. Na edição deste ano os nomes femininos são mais um destaque do evento, uma vez que já estão anunciadas as presenças de Serena Williams, Maria Sharapova e Ana Ivanovic.

Regras especiais e sets mistos

Com uma dinâmica interativa e diferente dos torneios de tênis realizados pela WTA ou WTP, o IPTL reúne 5 equipes representantes de cada país sede do torneio. Os tenistas jogam entre si em todas as etapas, porém com algumas regras distintas dos demais torneios. Uma das curiosidades está no tie-break especial de quatro minutos onde os tenistas que não realizarem o saque em 20 segundos perdem o ponto. Caso o empate persista até o fim deste período, o vencedor do ponto seguinte leva o set. Em cada set os treinadores podem pedir um tempo de 1 minuto e ainda existe o “Power Point”, solicitado uma vez por set pelo jogador que está na devolução e busca a oportunidade de pontuação dobrada no próximo lance. Os sets são variados entre duelos simples, duplas, duplas mistas e veteranos. A equipe com maior pontuação, ao fim das cinco etapas, é a grande campeã.

O torneio será exibido pela ESPN e ESPN+, além de transmissão simultânea pelo WatchESPN, plataforma de vídeos ao vivo e sob demanda disponível para iOS, Android e também pelo site ESPN.com.br/watch. O IPTL 2016 encerra o calendário anual do tênis nos canais ESPN que detém ainda os direitos do Australian Open, Wimbledon, US Open e diversos ATPs 250.


Sobre a ESPN

A ESPN chegou ao país em 1989 e foi o primeiro canal de esportes da TV paga brasileira. Em 1995 a empresa criou o canal ESPN Brasil. Em abril de 2009, lançou o ESPN HD, em alta definição, que a partir de julho de 2012 passou a se chamar ESPN+, com uma programação diferenciada. As atividades da ESPN Internacional incluem televisão, rádio, impresso, internet, banda larga, internet sem fio, produtos de consumo, e gestão de eventos.

A empresa mantêm escritórios e/ou instalações de produção em locais-chave de todo o mundo incluindo Bangalore, Bristol (EUA), Buenos Aires, Cidade do México, Hong Kong, Londres, Miami, Melbourne, Mumbai, New York, Rio de Janeiro, São Paulo, Sidney e Toronto.  Desde 1983, ESPN (originalmente fundada em Bristol, Connecticut, em 1979) tem crescido ao redor do mundo, se estabelecendo como a marca líder mundial em esportes. A filosofia da empresa de crescimento global é a de sempre servir aos fãs do esporte e ser relevante localmente, com conteúdos e produtos que preencham sua grande paixão e dedicação.

Botão Voltar ao topo