Pelo terceiro mês consecutivo, ESPN se mantém como vice-líder em audiência

ESPN BrasilESPN InternationalNews and InformationTV Programming

Pelo terceiro mês consecutivo, ESPN se mantém como vice-líder em audiência

Emissora encerra outubro como segundo canal de esportes
mais assistido na TV por assinatura e expande audiência no digital

A consolidação dos números de audiência do mês de outubro confirma o crescimento de audiência dos canais ESPN desde o mês de agosto, período em que a emissora garantiu a segunda colocação como canal mais assistido nos Jogos Rio 2016¹. De acordo com números aprovados pelo Kantar Ibope Media, a ESPN cresceu 7% na audiência entre o público masculino, acima de 18 anos, no comparativo com o mesmo período do ano passado².

A análise do crescimento de audiência pode ser explicada pela variedade e quantidade de direitos esportivos dos canais ESPN. Com três canais disponíveis na TV por assinatura (ESPN Brasil, ESPN e ESPN+), a emissora anunciou em agosto a exibição exclusiva da Premier League, além de seguir transmitindo os principais campeonatos do futebol internacional como o Espanhol, Alemão, Italiano, além da Liga Europa. Referência em esportes americanos, a ESPN também exibiu nos últimos meses partidas da NFL, NBA, NHL e MLB.

“Os números de audiência demonstram que a ESPN segue com grande identificação junto aos fãs de esportes. A diversidade e qualidade da nossa programação esportiva é referência e seguimos trabalhando para entregar o melhor conteúdo multiplataforma aos fãs de esportes”, destaca German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil.

Os programas jornalísticos também foram destaque no último trimestre. As três edições diárias do Bate Bola e Sportscenter, além do Futebol no Mundo, Linha de Passe e Bola da Vez atingiram 5 milhões de pessoas, representando um aumento 22% no número de pessoas impactadas em comparação ao mesmo período de 2015.³

Além do crescimento na TV por assinatura, a ESPN também comemora os resultados obtidos no WatchESPN, plataforma de vídeos por streaming e sob demanda. Pelo terceiro mês consecutivo o serviço bateu o recorde no número de acessos via aplicativo e site.⁴

 

FONTES:

  1. Kantar IBOPE Media Brasil 15 mkts. Rat% médio mensal de 1 Ago a 31 Out 2016. All Day. H18+ payTV. Todos os canais de payTV.
  2.  Kantar IBOPE Media Brasil 15 mkts. Comparação de Rat% de 1 Ago a 31 Out 2015 vs 1 Ago a 31 Out 2016. All Day. H18+ payTV. ESPN Brasil. Cálculos manuais não são verificados pelo IBOPE.
  3. Kantar IBOPE Media Brasil 15mkts. Comparação Aud% dos programas ao vivo e inédito em Aug 01 a Oct 31, 2015 vs. Aug 01 a Oct 31, 2016. H18+ com payTV. ESPN Brasil.
  4. Adobe Analytics. Unique Visitors Ago-Out 2015 vs. Ago-Out 2016.

 

Sobre a ESPN

A ESPN chegou ao país em 1989 e foi o primeiro canal de esportes da TV paga brasileira. Em 1995 a empresa criou o canal ESPN Brasil. Em abril de 2009, lançou o ESPN HD, em alta definição, que a partir de julho de 2012 passou a se chamar ESPN+, com uma programação diferenciada. As atividades da ESPN Internacional incluem televisão, rádio, impresso, internet, banda larga, internet sem fio, produtos de consumo, e gestão de eventos.

A empresa mantêm escritórios e/ou instalações de produção em locais-chave de todo o mundo incluindo Bangalore, Bristol (EUA), Buenos Aires, Cidade do México, Hong Kong, Londres, Miami, Melbourne, Mumbai, New York, Rio de Janeiro, São Paulo, Sidney e Toronto.  Desde 1983, ESPN (originalmente fundada em Bristol, Connecticut, em 1979) tem crescido ao redor do mundo, se estabelecendo como a marca líder mundial em esportes. A filosofia da empresa de crescimento global é a de sempre servir aos fãs do esporte e ser relevante localmente, com conteúdo e produtos que preencham sua grande paixão e dedicação.

 

Botão Voltar ao topo