ESPN quebra recordes com Super Bowl e lidera audiência na TV por assinatura

News and InformationNFL

ESPN quebra recordes com Super Bowl e lidera audiência na TV por assinatura


José Renato Ambrosio e Rafael Belattini realizaram a

cobertura do evento in loco para a ESPN Brasil

A ESPN comemora os resultados da transmissão exclusiva do Super Bowl LII, em Minneapolis, no estado de Minessota, nos Estados Unidos. O evento do último domingo registrou a maior audiência da história no Brasil, superando em 14% os números de 2017 e garantindo a liderança entre todos os canais da TV paga para a ESPN.¹

O tempo médio de permanência no canal durante a partida ultrapassou os 100 minutos¹, reforçando que o público possui cada vez mais identidade com o esporte mais popular nos Estados Unidos. Segundo pesquisa recente do Ibope Repucom, o Brasil é atualmente o segundo maior mercado da NFL fora dos Estados Unidos, ficando atrás somente do México.

“Os resultados indicam que fizemos a aposta correta na NFL há mais de 25 anos, quando passamos a transmitir a liga no Brasil. Os fãs entendem e valorizam cada vez mais a modalidade, fato que explica nossa audiência crescente em mais um ano”, destaca German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil.

Além do recorde na TV, a ESPN também comemora os resultados alcançados nas plataformas digitais. A transmissão do Super Bowl via WatchESPN², aplicativo de streaming e conteúdo sob demanda do canal, garantiu o maior número de acessos únicos em um mesmo dia na plataforma e ultrapassando a antiga marca registrada no Super Bowl de 2017. No Twitter, a #SuperBowlNaESPN liderou o ranking de assuntos mais comentados na rede social durante o período da transmissão.

A exibição do evento nos cinemas pelo quinto ano consecutivo também trouxe resultados importantes. Em parceria com a Cinelive, a ESPN disponibilizou a partida em mais de 110 salas por todo o Brasil, registrando a maior bilheteria desde que o Super Bowl passou a ser transmitido também nas telonas.


FONTES DE AUDIÊNCIA:

¹ Kantar IBOPE Media Brasil 15 mkts. Live. Comparação AUD% e ATS “FAM NFL VIVO” e “FAM SUPER BOWL VIVO” em 5 Fev 2017 e 4 Fev 2018. H18+ [Univ: 12.391.900]

²Adobe Analytics. Key Metrics. Comparação Visitantes Únicos dia a dia, de 2015 a 4 Fev 2018


Sobre a ESPN

A ESPN chegou ao país em 1989 e foi o primeiro canal de esportes da TV paga brasileira. Em 1995 a empresa criou o canal ESPN Brasil. Em abril de 2009, lançou o ESPN HD, em alta definição, que a partir de julho de 2012 passou a se chamar ESPN+, com uma programação diferenciada. As atividades da ESPN Internacional incluem televisão, rádio, impresso, internet, banda larga, internet sem fio, produtos de consumo, e gestão de eventos. Em 2017, foi lançado o ESPN Extra, quarto canal da empresa no Brasil, além da ampliação do WatchESPN, plataforma de transmissão simultânea e conteúdo sob demanda.

A empresa mantem escritórios e/ou instalações de produção em locais-chave de todo o mundo incluindo Bangalore, Bristol (EUA), Buenos Aires, Cidade do México, Hong Kong, Londres, Miami, Melbourne, Mumbai, New York, Rio de Janeiro, São Paulo, Sidney e Toronto.  Desde 1983, ESPN (originalmente fundada em Bristol, Connecticut, em 1979) tem crescido ao redor do mundo, se estabelecendo como a marca líder mundial em esportes. A filosofia da empresa de crescimento global é a de sempre servir aos fãs do esporte e ser relevante localmente, com conteúdo e produtos que preencham sua grande paixão e dedicação.

 

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar