Em parceria com DreamHack, ESPN amplia direitos de eSports e passa a exibir Rocket League

eSports

Em parceria com DreamHack, ESPN amplia direitos de eSports e passa a exibir Rocket League

Investindo cada vez mais no conteúdo de eSports em sua grade de programação, a ESPN fechou uma parceria com a DreamHack e adquiriu os direitos exclusivos do game Rocket League para o mercado brasileiro. Dividido em várias etapas ao longo do ano, o jogo será transmitido pelo canal ESPN Extra, um dos quatro da emissora no mercado nacional.

Em 2019, a ESPN exibirá as etapas de Dallas, nos Estados Unidos (31 de maio a 2 de junho), Valencia, na Espanha (4 a 6 de julho) e Montreal, no Canadá (6 a 8 de setembro). As transmissões poderão ser assistidas simultaneamente pelo WatchESPN, plataforma de streaming e vídeos sob demanda da ESPN.

Em Rocket League, os competidores disputam uma partida de futebol com carros. De forma resumida, os fãs do jogo precisam acertar o gol adversário e marcar pontos controlando carros impulsionados por foguetes. Lançado em 2015, o game ganhou diversos prêmios no mercado dos eSports, ultrapassando a marca de 40 milhões de jogadores no mundo todo em 2018.

“A parceria com a DreamHack e a chegada de Rocket League na ESPN são importantes reforços na grade do ESPN Extra, canal que tem nos eSports um dos pilares de sua programação. De forma divertida, o game une duas grandes paixões dos fãs brasileiros: futebol e automobilismo. Diferente de outros jogos de eSports complexos para o público leigo, Rocket League possui um objetivo simples e é facilmente compreendido, atriando novos fãs para a modalidade”, destaca Carlos Maluf, diretor de Aquisições, Programação e Novos Negócios da ESPN no Brasil.

“Este é um momento muito importante para o crescimento do eSports em todo o mundo”, analisa Marcus Lindmark, CEO da DreamHack. “Não consigo pensar em um melhor momento para estabelecer uma parceria com a ESPN para que possamos, juntos, levar nossos emocionantes torneios da Rocket League para o Brasil. É um ótimo meio para se envolver com os fãs da América do Sul”, complementa.

Nos eSports, a ESPN ainda detém os direitos de transmissão de Dota 2, Clash Royale, NBA 2K, Madden, Fifa 19 e Overwatch, todas modalidades transmitidas pela ESPN Extra e WatchESPN. Semanalmente, a emissora também exibe os programas MatchMaking, Multiplayer e Arena eSports

Sobre a ESPN:
Líder mundial em esportes, a ESPN chegou ao Brasil em 1989 e foi o primeiro canal esportivo da TV paga no país. Referência em conteúdo multiplataforma e jornalismo de credibilidade, a ESPN conta com quatro canais nas operadoras de TV por assinatura do mercado brasileiro: ESPN Brasil (canal com destaque para as atrações do jornalismo como SportsCenter, Bate Bola, Bola da Vez e Resenha ESPN, além de grandes jogos do futebol internacional), ESPN (NFL, NBA, MLB, NHL, tênis e futebol internacional), ESPN+ (futebol internacional, eSports, esportes americanos, surfe, rugby, ciclismo e poker) e ESPN Extra (canal focado em eSports, esportes radicais e X Games).

O WatchESPN, plataforma disponível para iOS, Android e desktop, permite aos fãs de esportes assinantes de planos de TV por assinatura ou planos de internet banda larga o acompanhamento da programação dos canais em tempo real, além de oferecer mais de 600 títulos no acervo de conteúdo sob demanda. A marca ainda disponibiliza notícias e vídeos exclusivos via ESPN App e portal ESPN.com.br.

Fundada em Bristol, Connecticut, em 1979, a ESPN tem como filosofia servir aos fãs de esporte em qualquer hora e lugar. Atualmente a empresa oferece conteúdo aos fãs em mais de 60 países, nos cinco continentes. A ESPN é marca pertencente aos grupos The Walt Disney Company e Hearst Corporation.

Etiquetas
Fechar