ESPN adquire direitos da Liga Americana de Futebol Feminino

FutebolNews and InformationsoccerTV Programming

ESPN adquire direitos da Liga Americana de Futebol Feminino

Competição, que tem a brasileira Marta como um dos destaques, será transmitida com exclusividade pela ESPN no Brasil

A ESPN chegou a um acordo global e multimídia com a Liga Nacional de Futebol Feminino dos Estados Unidos (NWSL), considerada a principal competição da modalidade no mundo, e que tem entre as estrelas em campo a craque brasileira Marta, seis vezes eleita pela FIFA a melhor jogadora do mundo.

O acordo para a exibição exclusiva do torneio no Brasil é mais um investimento da ESPN em competições femininas, um dos pilares da programação do canal ESPN Extra. Com a novidade, a ESPN amplia seu o portfólio de esportes femininos que já conta com a transmissão da WNBA e LBF no basquete, US Open e Australian Open no tênis, além da exibição da final da Champions League feminina e também das etapas da WSL, no surfe feminino.

“Este é um passo importante para a NWSL fortalecer o alcance da Liga por meio da rede internacional da ESPN”, disse a presidente da NWSL, Amanda Duffy. “Nossa parceria com a ESPN já trouxe a competição de classe mundial da NWSL para mais casas e para mais fãs aqui nos Estados Unidos. Expandir a distribuição da rede internacional continuará a elevar o perfil e a visibilidade da Liga em todo o mundo”, completa.

Além de Marta, que atua no Orlando Pride e detém o recorde de gols em Copas do Mundo (17), outras grandes estrelas do futebol mundial disputam a competição: as campeãs mundiais pelos EUA na Copa do Mundo da França, Alex Morgan (Orlando Pride) e Megan Rapinoe (Reign FC), a capitã canadense Christine Sinclair (joga no Portland Thorns), que marcou em cinco edições diferentes da Copa do Mundo e a australiana Sam Kerr (Chicago Red Stars), indicada ao prêmio de melhor jogadora do mundo em 2019.

“A Liga Nacional de Futebol Feminino abriga muitas das principais jogadoras do mundo e, como marca, a ESPN lidera o fornecimento de conteúdo de futebol de classe mundial para fãs de todo o mundo”, disse Scott Guglielmino, vice-presidente sênior de programação e Aquisições da ESPN nos Estados Unidos. “Estamos entusiasmados por poder aproveitar o alcance global da ESPN para trazer as partidas regulares da temporada e do playoff da NWSL para o público de futebol de todo o mundo”.

Sobre a ESPN:

Líder mundial em esportes, a ESPN chegou ao Brasil em 1989 e foi o primeiro canal esportivo da TV paga no país. Referência em conteúdo multiplataforma e jornalismo de credibilidade, a ESPN conta com quatro canais nas operadoras de TV por assinatura do mercado brasileiro: ESPN Brasil (canal com destaque para as atrações do jornalismo como SportsCenter, Bate Bola, Bola da Vez e Resenha ESPN, além de grandes jogos do futebol internacional), ESPN (NFL, NBA, MLB, NHL, tênis e futebol internacional), ESPN 2 (futebol internacional, eSports, esportes americanos, surfe, rugby, ciclismo e poker) e ESPN Extra (canal focado em eSports, esportes radicais e X Games).

O WatchESPN, plataforma disponível para iOS, Android e desktop, permite aos fãs de esportes assinantes de planos de TV por assinatura ou planos de internet banda larga o acompanhamento da programação dos canais em tempo real, além de oferecer mais de 600 títulos no acervo de conteúdo sob demanda. A marca ainda disponibiliza notícias e vídeos exclusivos via ESPN App e portal ESPN.com.br.

Fundada em Bristol, Connecticut, em 1979, a ESPN tem como filosofia servir aos fãs de esporte em qualquer hora e lugar. Atualmente a empresa oferece conteúdo aos fãs em mais de 60 países, nos cinco continentes. A ESPN é marca pertencente aos grupos The Walt Disney Company e Hearst Corporation.

Etiquetas
Fechar