ESPN realizará primeira transmissão da NBA com mulheres na narração e comentários

ESPN Brasil

ESPN realizará primeira transmissão da NBA com mulheres na narração e comentários

A transmissão da partida entre Boston Celtics e Milwaukee Bucks, nesta quarta-feira (24), às 20h, será histórica para a NBA. Pela primeira vez, a ESPN contará com uma equipe 100% feminina para a transmissão de uma partida da liga no Brasil, quando Natália Lara comandará a narração e Alana Ambrosio ficará responsável pelos comentários.

Detentora dos direitos da NBA há mais de 25 anos no mercado brasileiro, a ESPN tem ampliado cada vez mais o número de mulheres em sua equipe. Juntamente com o Fox Sports, também canal esportivo do grupo Disney no mercado brasileiro, a emissora conta com mulheres atuando em todas as frentes do jornalismo, seja na reportagem, apresentação, comentários e também na narração das mais variadas modalidades.

Este é o caso de Natália Lara, narradora que passou a integrar a equipe dos canais esportivos da Disney. Desde que chegou, há menos de um mês, Natália já transmitiu partidas no futebol de campeonatos como a Premier League, LaLiga e Copa da França, mas terá agora a responsabilidade de ser a primeira mulher a narrar a maior liga de basquete do mundo pela TV.

“Tenho certeza de que vamos começar a escrever um novo capítulo dentro do esporte e da liga. É algo que eu já venho me preparando há muito tempo, e que me senti extremamente honrada e confiante quando recebi o convite. E a minha dupla, Alana Ambrosio, é craque e profunda conhecedora de basquete. Será um prazer enorme dividir os microfones com ela nessa nova história que vamos contar na quarta-feira. Os fãs e as fãs da NBA podem esperar uma transmissão feita com muita dedicação, estudo e principalmente carinho. Seremos pioneiras, e vamos abrir uma nova porta para as mulheres no esporte com muita alegria”, comenta Natália.

Alana Ambrosio, comentarista da NBA na ESPN desde 2017 e que frequentemente participa das transmissões da modalidade pelo canal, reforça o momento histórico. “Fico muito feliz! Vai ser um prazer trabalhar com a Natália. É muito legal saber que isso incentiva ainda mais meninas e mulheres a acompanharem as transmissões”.

Sobre a ESPN:

Líder mundial em esportes, a ESPN chegou ao Brasil em 1989 e foi o primeiro canal esportivo da TV paga no país. Referência em conteúdo multiplataforma e jornalismo de credibilidade, a ESPN conta com quatro canais nas operadoras de TV por assinatura do mercado brasileiro: ESPN Brasil (canal com destaque para as atrações do jornalismo como SportsCenter, Bate Bola, Bola da Vez e Resenha ESPN, além de grandes jogos do futebol internacional), ESPN (NFL, NBA, MLB, NHL, tênis e futebol internacional), ESPN 2 (futebol internacional, eSports, esportes americanos, surfe, rugby, ciclismo e poker) e ESPN Extra (canal focado em eSports, esportes radicais e X Games).

Já o ESPN App, disponível para iOS e Android, é o aplicativo multimídia da ESPN que concentra as principais notícias, vídeos e conteúdos exclusivos do mundo dos esportes.

Fundada em Bristol, Connecticut, em 1979, a ESPN tem como filosofia servir aos fãs de esporte em qualquer hora e lugar. Atualmente a empresa oferece conteúdo aos fãs em mais de 60 países, nos cinco continentes. A ESPN é marca pertencente aos grupos The Walt Disney Company e Hearst Corporation.

Sobre o Fox Sports:

Os canais Fox Sports e Fox Sports 2 estão presentes nas principais operadoras de TV a cabo do Brasil e, desde maio de 2020, passaram a integrar o portfólio de canais esportivos da Disney no país. Entre seus direitos esportivos, os canais transmitem partidas dos campeonatos inglês, espanhol e português, além da Liga Europa, a CONMEBOL Libertadores, a Copa do Nordeste e provas de velocidade da NASCAR e do MotoGP.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar