Palmeiras masculino e Corinthians feminino lideram o 53ª Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet

ESPN Brasil

Palmeiras masculino e Corinthians feminino lideram o 53ª Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet

Gustavo Scarpa e Adriana Leal ficaram com a Bola de Ouro em cerimônia que contou com shows de MC Soffia, Gabi Fernandes, MC Hariel, Rincón Sapiência, DJ Mah e Papatinho

A 53ª edição do ESPN Bola de Prata Sportingbet, a mais tradicional cerimônia de premiação do futebol nacional, foi realizada nesta segunda-feira, dia 14 de novembro, e a cerimônia homenageou os melhores jogadores e jogadoras do Campeonato Brasileiro de 2022. O evento deste ano ficou marcado como o maior da história, premiando pela segunda vez a seleção do campeonato feminino e contando com shows de grandes figuras do cenário musical brasileiro.

O grande destaque da premiação foi o Palmeiras, equipe que conquistou o décimo primeiro título do Campeonato Brasileiro e ampliou o recorde na competição. O clube teve sete atletas premiados, além de Abel Ferreira, eleito o melhor técnico recebendo o prêmio Telê Santana. Gustavo Scarpa, o Bola de Ouro do Brasileirão 2022, foi a principal atração da cerimônia. Em despedida do Palmeiras, o meia liderou o torneio em assistências e também levou para casa o troféu de melhor meia.

“Minha participação no Palmeiras foi incrível e quero agradecer a Deus, amigos, família e esposa. Os treinos, jogadas ensaiadas com os companheiros acabam ajudando o entrosamento. Com atacantes bons como temos, volantes, o time entrosado, zagueiros artilheiros, tudo isso facilita meu trabalho. Ganhar esse prêmio era um dos meus maiores sonhos. Estou muito feliz de encerrar minha passagem no Palmeiras com prêmios individuais e títulos”, disse o novo jogador do Nottingham Forest.

Adriana Leal, craque do Corinthians, ganhou a Bola de Ouro no feminino. “Tenho só agradecer a Deus, jamais imaginei ganhar esse prêmio. Fazer parte deste time é muito importante e espero continuar trabalhando para conquistar novos prêmios. Se não fossem minhas companheiras eu não estaria aqui. Dedico ao Corinthians, minhas companheiras e toda a comissão técnica do clube”.

Outro destaque alviverde foi o atacante ídolo da torcida palmeirense Dudu. O atleta venceu o prêmio pela quinta vez e igualou a marca de Zico, Júnior e Renato Gaúcho como os segundos a mais receberem a Bola de Prata, ficando atrás apenas do recordista Rogério Ceni (7). “Quero agradecer a Deus e a meus companheiros. Esta é minha quinta Bola de Prata e espero que ano que vem eu esteja aqui para ganhar novamente”, afirmou Dudu que elegeu o gol contra o Avaí o seu mais bonito na competição.

Cano, artilheiro do Brasileirão e também do país na temporada, levou seu filho Lorenzo ao palco e comentou sobre o momento especial que vive na carreira. “Estou muito feliz. Primeiramente agradeço a Deus, meu filho Lorenzo e minha esposa. Chegar ao futebol brasileiro é muito difícil e sentir esse apoio de todos é importante. Destaco também o trabalho do Fernando Diniz que foi muito bom nesta temporada. Nada é fácil e sempre queremos mais para conseguir novos objetivos. Quero agradecer também meus companheiros que também fazem parte disso”.

Entre as mulheres, a artilheira do ano foi Cristiane, craque do Santos que fez história pela seleção brasileira. “Estou extremamente feliz com o prêmio. O segredo é continuar me cuidando muito, porque já tenho 37 anos. O desafio é ainda maior, mas conto com suporte da minha esposa, do meu filho e do meu clube”.

No feminino, o Corinthians foi a equipe de destaque. Vivenciando uma hegemonia no futebol nacional, a equipe venceu o Brasileirão pelo terceiro ano consecutivo e teve 6 atletas com a Bola de Prata, além da Bola de Ouro que ficou com a atacante Adriana e o prêmio Telê Santana de Melhor Treinador com Arthur Elias. Palmeiras, Internacional, São Paulo e Santos também tiveram atletas premiadas.

Os torcedores do Timão também puderam acompanhar a atacante do clube Grazi sendo homenageada com o prêmio “Reflexões”. A categoria inaugurada na edição de 2021, que premiou Reinaldo, lenda do Atlético-MG por sua luta no combate ao racismo, neste ano tinha como foco as contribuições feitas em prol da igualdade de gênero. A camisa 7 do Corinthians foi premiada por ser uma das personalidades do futebol nacional mais engajadas neste tema.

O evento deste ano teve apresentação de Sérgio Loroza e Marcela Rafael. O ator, cantor e compositor, famoso por suas participações em “A Diarista” e “Malhação”, dividiu o comando da cerimônia com uma das principais âncoras da ESPN, que está no canal há mais de 10 anos e foi co-host do ESPN Bola de Prata Sportingbet pela segunda vez.

O ESPN Bola de Prata Sportingbet deste ano ficou marcado por grandes espetáculos musicais, tendo performances ao vivo de MC Soffia, Gabi Fernandes, MC Hariel, Rincón Sapiência, DJ Mah e Papatinho, ilustradas por um grupo de bailarinos no palco. A cerimônia também contou com a participação dos talentos da ESPN como: Paulo Andrade, Ivana Negrão, Renato Rodrigues, Zé Elias, Abel Neto, William Tavares, João Guilherme, Oswaldo Paschoal, André Plihal, Silas, Luciano Amaral, Natasha David, Bruno Vicari, Mariana Spinelli, Paulo Soares, Antero Greco, Renata Ruel, Fabio Luciano, Amoroso, entre outros.

Em avaliação realizada pelos jornalistas da ESPN e também por critérios técnicos do DataESPN, equipe de análises estatísticas da emissora, a seleção do campeonato masculino ficou definida da seguinte maneira: Cássio (Corinthians); Gustavo Gómez (Palmeiras), Murilo (Palmeiras); Marcos Rocha (Palmeiras), Joaquín Piquerez (Palmeiras); André (Fluminense), Zé Rafael (Palmeiras); Gustavo Scarpa (Palmeiras), Giorgian de Arrascaeta (Flamengo); Germán Cano (Fluminense) e Dudu (Palmeiras).

Seguindo os mesmos critérios de avaliação, a seleção feminina foi dominada por equipes paulistas. As premiadas foram: Lelê (Corinthians); Bruna Benites (Internacional), Andressa Pereira (Corinthians); Fê Palermo (São Paulo), Tamires (Corinthians); Diany (Corinthians), Júlia Bianchi (Palmeiras); Duda (Internacional), Gabi Zanotti (Corinthians); Adriana Leal (Corinthians) e Bia Zaneratto (Palmeiras).

Pelo quarto ano consecutivo, a cerimônia teve a direção geral de Fernando Taliba, profissional que já realizou outras grandes premiações na TV, como o Video Music Brasil (VMB), MTV Miaw, da MTV, e também o Meus Prêmios Nick, do canal de TV paga Nickelodeon. Cristiane Iwayama, Regiane Wohnrath, Wagner Patti, Fernanda Amalfi e João Gonzales foram responsáveis pela produção e coordenação do evento.

Criado em 1970 pela Revista Placar e produzido exclusivamente pela ESPN desde 2016, o ESPN Bola de Prata Sportingbet é reconhecido nacionalmente como o prêmio mais tradicional do futebol brasileiro, coroando temporadas espetaculares de lendas que marcaram época no cenário nacional e internacional da modalidade com a Bola de Ouro. Dentre os ganhadores deste troféu estão: Zico, Dirceu Lopes, Toninho Cerezo, Falcão, Rogério Ceni, Romário, Ronaldinho Gaúcho, Kaká, Adriano e Neymar.

SELEÇÃO FEMININA – BOLA DE PRATA

GOLEIRA

Lelê (Corinthians)

ZAGUEIRAS

Bruna Benites (Internacional)

Andressa Pereira (Corinthians)

LATERAL DIREITA

Fê Palermo (São Paulo)

LATERAL ESQUERDA

Tamires (Corinthians)

VOLANTES

Diany (Corinthians)
Júlia Bianchi (Palmeiras)

MEIAS

Duda (Internacional)

Gabi Zanotti (Corinthians)

ATACANTES

Adriana Leal (Corinthians)

Bia Zaneratto (Palmeiras)

BOLA DE OURO

Adriana Leal (Corinthians)

TREINADOR – PRÊMIO TELÊ SANTANA

Arthur Elias (Corinthians)

ARTILHEIRA

Cristiane (Santos)

REVELAÇÃO

Tarciane (Corinthians)

GOL MAIS BONITO

Patrícia Sochor (Palmeiras)

SELEÇÃO MASCULINA – BOLA DE PRATA

GOLEIRO

Cássio (Corinthians)

ZAGUEIROS

Gustavo Gómez (Palmeiras)

Murilo (Palmeiras)

LATERAIS

Marcos Rocha (Palmeiras)

Joaquín Piquerez (Palmeiras)

VOLANTES

André (Fluminense)

Zé Rafael (Palmeiras)

MEIAS

Gustavo Scarpa (Palmeiras)

Giorgian de Arrascaeta (Flamengo)

ATACANTES

Germán Cano (Fluminense)

Dudu (Palmeiras)

BOLA DE OURO

Gustavo Scarpa (Palmeiras)

TREINADOR – PRÊMIO TELÊ SANTANA

Abel Ferreira (Palmeiras)

ARTILHEIRO

Germán Cano (Fluminense)

REVELAÇÃO

Du Queiroz (Corinthians)

GOL MAIS BONITO

Róger Guedes (Corinthians)

Crédito da foto:

Guido Bompan

Botão Voltar ao topo