Jannah Theme License is not validated, Go to the theme options page to validate the license, You need a single license for each domain name.

Com 40 profissionais, ‘multicam’ e estúdio, ESPN e Star+ terão megacobertura de decisão da Libertadores

ESPN Brasil

Com 40 profissionais, ‘multicam’ e estúdio, ESPN e Star+ terão megacobertura de decisão da Libertadores

Chegou o grande momento do futebol sul-americano. Nesse sábado (4), às 17 horas, Fluminense e Boca Juniors definem finalmente que será o campeão da CONMEBOL Libertadores de 2023. E a ESPN, que exibiu a competição ao longo do ano, prepara uma cobertura exclusiva para a partida decisiva, com grande equipe no Rio de Janeiro e talentos espalhados pela Cidade Maravilhosa.

Somente de pré-jogo, serão seis horas de transmissão ao vivo na programação da ESPN. Edições do SportsCenter, ESPN FC, ESPN F90, ESPN F 360 e Linha de Passe serão gravadas diretamente do Maracanã, cobrindo todo o palco da decisão e todos os craques envolvidos na partida.

Ao todo, 40 profissionais estarão no Rio de Janeiro para acompanhar a partida. Na cabine do Maracanã, Paulo Andrade narrará a partida com a companhia de Paulo Calçade e Zinho. Daniela Boaventura, Pedro Ivo Almeida, Fernando Campos, Bruno Vicari, Rafael Marques e Djalminha estarão nas atrações da programação cobrindo a final.

Além das transmissões direto do Maracanã, a ESPN contará com um estúdio de vidro montado no Morro da Urca, com vista panorâmica para praias do Rio de Janeiro. O local abrigará o SportsCenter Abre o Jogo especial da final da Libertadores, além de receber influenciadores digitais que poderão fazer gravações na estrutura montada.

Quem optar por assistir ao jogo pelo Star+ terá duas opções para acompanhar a final ao vivo. Uma pelo sinal tradicional, o mesmo usado no canal linear, e outro com o Multicam, modalidade da plataforma que permite que o torcedor veja o duelo por diversos ângulos simultâneos.

Além do Star+, a ESPN terá uma série de conteúdo focado no digital. Nas redes sociais, haverá entradas ao vivo para acompanhar todo o clima da decisão. No YouTube e no TikTok, haverá um pós-jogo com a coletiva dos técnicos e jogadores, melhores momentos e análises do confronto.

A megaoperação para a final consagra o ano em que a ESPN promoveu a maior cobertura de sua história aos torneios da CONMEBOL. Ao todo, o canal produziu mais de 400 horas de conteúdo ao vivo nesta temporada, incluindo 148 transmissões, 46 Abre o Jogo e 6 edições do Multicam/Watch Party no Star+ para as exibições da Libertadores e da Sul-Americana.

Botão Voltar ao topo